Para receber as principais informações do dia pelo WhatsApp entre no grupo do Portal Nosso Dia clicando aqui. Siga o Nosso Dia no InstagramFacebook e Twitter

PUBLICIDADE

A Polícia Civil do Município de Reserva prossegue na busca do vereador José Odílio dos Santos (MSB) e de seu irmão, ambos investigados por suposto envolvimento no crime que vitimou Diorgenes Fernando Ferraz Lemes, de 24 anos, sobrinho do Vereador, durante um velório. Em entrevista concedida ao Portal aRede e Jornal da Manhã, o delegado responsável pelas investigações, Silas Castro, declarou que o pedido de prisão preventiva foi expedido no último sábado (6), estando a dupla foragida desde então. As informações são do Portal aRede.

Conforme os detalhes obtidos pela equipe da Polícia Civil, Diorgenes teria cobrado uma dívida da venda de um trator do Vereador quando este, supostamente, efetuou três disparos de arma de fogo na cabeça do próprio sobrinho, que acabou morrendo na hora. O Delegado Silas ainda detalhou que “o suspeito teria discutido com a vítima horas antes por telefone”. É importante ressaltar que as investigações seguem ocorrendo, sendo que duas testemunhas que presenciaram a cena já foram ouvidas pelas autoridades locais.

CÂMARA - O vereador, conhecido como Zé Odílio, também ocupa a cadeira de primeiro secretário da Mesa Diretora de Reserva. Diante disso, a Câmara Municipal foi questionada sobre o assunto e esclareceu que aguarda o desenrolar das investigações. Em nota, a Câmara afirmou que reitera seu compromisso com a transparência e a prestação de contas à população.

PUBLICIDADE

Informou também que irá periodicamente atualizar a população sobre o andamento dos futuros e eventuais procedimentos administrativos e legais em curso. Por fim, a nota afirma que a Câmara adotará as medidas administrativas cabíveis ao fato e que lamenta profundamente este acontecimento.

Para mais informações sobre os Campos Gerais do Paraná acesse o Portal aRede clicando aqui.