Para receber as principais informações do dia pelo WhatsApp entre no grupo do Portal Nosso Dia clicando aqui. Siga o Nosso Dia no InstagramFacebook e Twitter

PUBLICIDADE

O piloto argentino Lorenzo Somaschini, de apenas nove anos, morreu após sofrer acidente em uma prova de motovelocidade no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. O acidente aconteceu durante sessão de treinos livres da Honda Júnior Cup, categoria da SuperBike Brasil, na sexta-feira. A morte foi confirmada na segunda, mas só divulgada nesta terça.

Lorenzo sofreu a queda na Curva do Pinheirinho e, segundo os organizadores do evento, foi "prontamente atendido no local pela equipe médica e ambulância UTI". Em seguida, o piloto foi levado à sala de emergência do autódromo para ser estabilizado e encaminhado ao Hospital Geral da Pedreira, onde permaneceu até a madrugada seguinte. No sábado, a criança deu entrada no Hospital Albert Einstein, mas não resistiu aos ferimentos.

"Todos da equipe do SuperBike Brasil estão consternados com o acontecimento e manifestam sinceros sentimentos a todos familiares e amigos de Lorenzo", informou a organização da competição. "A SuperBike Brasil está prestando total assistência à família do piloto desde sexta-feira."

PUBLICIDADE

Em nota, a Honda declarou "lamentar profundamente" a morte de Lorenzo Somaschini e prestou condolências a familiares e amigos do garoto. "Nascido na Argentina, o piloto participava, pontualmente, da quarta etapa da categoria Honda Júnior Cup, voltada para a formação de jovens talentos", escreveu a empresa

O SuperBike Brasil é um dos campeonatos mais importantes de motociclismo do mundo, e a Honda Júnior Cup reúne pilotos com idade entre 8 e 16 anos. A quarta etapa da temporada ocorreu no domingo, no Autódromo de Interlagos.

Na última postagem no Instagram, Lorenzo já estava em São Paulo e destacou estar "realizando sonhos". "Primeiro treino em Interlagos, Brasil, me preparando para a Junior Cup", escreveu ele.