Para receber as principais informações do dia pelo WhatsApp entre no grupo do Portal Nosso Dia clicando aqui. Siga o Nosso Dia no InstagramFacebook e Twitter

PUBLICIDADE

Uma mulher italiana, de 41 anos, que estava de férias com a família em Calasca Castiglione, nos Alpes Italianos, morreu após suas roupas ficaram presas em um teleférico na última quinta-feira, 4. Margerita Lega estava carregando suas bagagens em um pequeno teleférico usado exclusivamente para transportar malas e objetos - e não pessoas - quando foi arrastada para a beira de um penhasco depois que o transporte ligou de repente. As informações são do The Independent.

De acordo com a reportagem, Margerita chegou a se segurar por alguns instantes antes de cair de uma altura de 150 metros. Seu marido e dois filhos, um de seis anos e outro de nove, estavam presentes no momento e teriam testemunhado o acidente.

Uma operação de recuperação do corpo de Margerita mobilizou a polícia especial da Itália, além de técnicos da equipe de resgate alpino e espeleológico (que se refere a cavidades naturais) de Piemonte, que desceram de helicóptero para fazer a busca no território rochoso e irregular. Após a recuperação do corpo, os profissionais de saúde não puderam fazer nada além de confirmar a morte da mulher, informou o La Repubblica.

PUBLICIDADE

Silvia Tipaldi, prefeita de Calasca Castiglione, compartilhou suas condolências com a família e disse que uma investigação completa está sendo realizada. Ela também apontou que a papelada do teleférico estava regular. Segundo a prefeita, as autoridades atualmente acreditam que a tragédia foi acidental. O governo local ofereceu apoio à família, que está em choque após o ocorrido.