Para receber as principais informações do dia pelo WhatsApp entre no grupo do Portal Nosso Dia clicando aqui. Siga o Nosso Dia no InstagramFacebook e Twitter

PUBLICIDADE

A Polícia Civil, através do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) de Ponta Grossa, deu cumprimento a um mandado de prisão expedido contra um homem, após sua apresentação espontânea na unidade policial, nessa segunda-feira (08). 

Conforme a delegada do Nucria, Ana Paula Carvalho, o suspeito, de 45 anos, estava sendo investigado pelo crime de estupro de vulnerável contra a enteada, uma criança de 10 anos.

De acordo com a vítima, os abusos sexuais vinham acontecendo desde meados do ano de 2023, todavia a criança somente passou a entender que os carinhos do padrasto não eram apenas carinhos após uma abordagem em sala de aula sobre sexualidade.

PUBLICIDADE

Em escuta especializada a vítima detalhou como os eventos aconteciam tendo tido o investigado acesso total ao corpo da criança, especialmente pelo fato dela desconhecer que se tratava de violência, o que facilitou a ação do padrasto durante todo esse período e garantiu o silêncio da vítima quanto aos crimes cometidos. 

O investigado em interrogatório, devidamente acompanhado por seu advogado, optou por se manifestar somente em Juízo.

Em seguida ele foi encaminhado ao presídio onde permanecerá à disposição da Justiça.

*Com informações da Polícia Civil

PUBLICIDADE